Tornar o negócio lucrativo e competitivo no mercado é uma das principais metas de qualquer empreendimento de sucesso. Para isso, as empresas devem apostar nas estratégias de capacitação constante, a fim de, auxiliar seus funcionários e eliminar possíveis pontos fracos de atuação.

Com a alta concorrência no mercado, conseguir resultados de negócios expressivos é uma tarefa que se tornou ainda mais difícil. O treinamento de vendas e a capacitação dos funcionários, portanto, aparece como uma estratégia para o aumento de faturamento, fortalecimento de imagem da organização, gerando um futuro mais ambicioso e assegurando a adaptação às novas tecnologias.

Para que se consiga saber como gerenciar expectativas de futuros clientes e melhorar sua jornada de compra, é necessário entender o perfil de cada vendedor (hunter ou farmer) para, então, decidir qual tipo de treinamento deve ser aplicado. Porém, independentemente do perfil da equipe, deve-se ter em conta a importância da motivação e conhecimento técnico para uma boa experiência de venda.

Quando a experiência começa bem desde o primeiro contato, a possibilidade de fidelização do cliente e propagação da marca aumenta exponencialmente. A confiança, consequentemente, cresce e os objetivos de negócio são atingidos com mais facilidade. Entretanto, antes de iniciar o treinamento, a empresa deve saber quais soluções quer desenvolver para implantar a metodologia da forma adequada.

A Majorem possui escopo de Treinamento Estruturado ou Personalizado para capacitação da sua Equipe de Vendas, promovendo mudanças consistentes de comportamento e cultura de vendas através de workshops práticos, diagnósticos assertivos e módulos de sustentação para implementação pós-treinamento.

Possuímos metodologias, processos e ferramentas que abordam os desafios do mundo real dos participantes e os treinamentos são conduzidos por consultores experientes em vendas. 80% do tempo do treinamento é dedicado a atividades práticas e os exercícios de sedimentação pos treinamento proporcionam  aplicação imediata no dia a dia.

Com quais Desafios sua empresa se identifica?

  • Precisamos vender mais!
  • Precisamos conquistar novos clientes!
  • Nossos vendedores dizem que sempre perdemos por causa de preço!
  • Não conseguimos mais  prospects ou leads para a base!
  • Precisamos fechar mais negócios!!
  • É fundamental defender as contas estratégicas!
  • Perdemos o timing dos negócios!
  • Nossa equipe de vendas só foca em commodities!
  • Todos os clientes são iguais!

Porque investir em capacitação?

Vendedores treinados  “performam” cerca de 30% mais que os vendedores que não recebem treinamentos!

1. Profissionalização da Área

Um bom vendedor não é apenas o que tem um grande currículo na área de vendas, mas, também, aquele que está atualizado com novas técnicas. Hoje em dia, empresas que não estejam com uma equipe informada e moderna serão ultrapassadas pela concorrência, que entende a urgência de se reinventar e compreender tendências de consumo.

Profissionalizar a área é um custo que traz um retorno muito nítido para a empresa pois, ao capacitar a equipe, sua performance será melhor e trará resultados financeiros de forma mais rápida. Além disso, é possível projetar o negócio para o futuro, se adaptando às novas tecnologias e prevenindo problemas.

2. Multiplicação do conhecimento dentro da Organização

Quando uma área é especializada e tem conhecimento mais aprofundado, ela consegue compartilhar com os demais e, até mesmo, replicar o treinamento de vendas a outros colaboradores. Além disso, com a multiplicação do know how, o relacionamento entre os funcionários fica mais estreito, transformando-os em fãs da empresa!

3. Aumento da credibilidade da Empresa

Para passar confiança ao cliente, nada melhor do que um funcionário bem informado, não é mesmo? Ao treinar a equipe, deve-se passar todas as informações técnicas, de diferenciação e de resolução de problemas do consumidor. Dessa forma, a venda será mais fácil e a empresa será ainda mais reconhecida pelo seu know how.

4. Retenção de Talentos

Todo o gestor sabe o quão é ruim uma grande taxa de rotatividade, pois isso gera mais trabalho (seleção, entrevistas, período de adaptação etc.) e desmotiva o restante dos membros da equipe.

Um funcionário que é valorizado em uma organização e recebe incentivos de melhoria, como cursos e treinamentos, ajudando-o a, inclusive, bater metas que o beneficiam financeiramente, é motivado a permanecer. Isso traz uma constância maior e mais tranquilidade entre os colaboradores.

5. Melhoria no relacionamento entre os Colaboradores

Alguns treinamentos têm dinâmicas em grupo, a fim de desenvolver diferentes habilidades entre as equipes e contribuir para que os funcionários conheçam mais uns aos outros e melhorem seu relacionamento.

Um treinamento interessante para isso é o motivacional, no qual não há competição. Dessa forma, todos poderão enxergar que devem crescer juntos.

6. Desenvolvimento de “diferentes” Habilidades

Ao receber um treinamento, o funcionário consegue melhorar suas habilidades e, consequentemente, desenvolver outras. Por isso, é importante escolher cursos ou coachs que capacitem diferentes skills da equipe, como, por exemplo: negociação, liderança, capacidade de resolução de problemas etc.

7. Aumento nas Vendas

Uma equipe bem treinada tem a total capacidade de aumentar as vendas, pois ainda tem mais argumentos para vender, contam com processos otimizados e redução de retrabalho. Com estratégias da área comercial bem definidas e com mais investimento nas informações e capacitação, os processos serão realizados com mais eficiência e agilidade, contribuindo para o faturamento da empresa.

Dica: caso tenham um módulo de treinamento voltado para metas, por exemplo, poderão ter mais incentivo para obterem maiores comissões e figurar entre os top performers.

8. Redução de Custos

Quando uma organização investe seus recursos de maneira eficaz, ela consegue reduzir custos que tenham origem em erros de operação, rotatividade de funcionários e perda de vendas.